Você sabe diferenciar auto peças originais das falsas?

Publiado por - Luizinho 02 August 2018

Se você tem um carro, já sabe o quanto sua responsabilidade em relação a ele deve ir além da direção segura. É necessário realizar revisão frequente, fazer manutenção das auto peças… como os custos disso são altos, muitas pessoas deixam de fazê-los ou os faz com má qualidade.

No caso da manutenção, muitos motoristas tentam economizar e fazem o serviço em locais cujo preço é baixo, ainda que o trabalho não seja bem qualificado. Outros, por sua vez, decidem reduzir o custo final comprando auto peças falsificadas para substituir as antigas.

Por que é importante ter auto peças originais?

Imagine-se na seguinte situação: alguns dias antes de viajar com a família, você percebe que o carro está fazendo um barulho esquisito e está mais fraco do que o normal. Então, você faz uma revisão e descobre que precisa trocar uma peça.

Você fica chateado, porque os gastos com a viagem já são altos, e agora aparece mais essa despesa… até que o seu mecânico te fala que consegue uma peça baratinha, que resolverá todos os seus problemas.

Será que é uma boa ideia?

Nesse caso, o que parece ser uma economia acaba por desvalorizar seu automóvel! Isso acontece porque peças falsas se desgastam mais facilmente, podem levar outras partes do veículo a sobreuso, muitas vezes apresentam defeitos imprevistos e, assim, seu carro será menos visado em caso de revenda.

Além disso, auto peças falsas tendem a apresentar mais problemas, ou seja, mais gastos com mecânico, reparos, peças novas… sem contar o quanto isso pode ser prejudicial ao seu conforto, tranquilidade e à segurança de sua família!

Qual é o problema das peças falsas?

Sabe como as peças falsas podem ser mais baratas do que as originais? Por meio de economias na produção desses itens e na redução de confortos a você, consumidor! O custo das peças é mais baixo porque elas são produtos inferiores, de menor durabilidade.

A fabricação dos itens falsos é menos dispendiosa porque os materiais utilizados são de menor qualidade e os critérios de segurança são muito menores. Além disso, você abre mão de garantia e assistência especializada.

Peças baratas que custam caro!

Materiais de fabricação mais baratos têm resistência consideravelmente inferior aos seus similares mais caros. Devido à qualidade reduzida, peças falsas apresentam mais problemas do que as que são certificadas e têm menor durabilidade.

Por isso, você precisará trocá-las com uma frequência maior, o que aumenta os gastos com o veículo a longo prazo, principalmente devido à falta de garantia. Caso uma peça original tenha sua longevidade reduzida, você pode substituí-la sem custos, o que não acontece com as falsas.

Sem contar no dano à segurança: a falha de uma peça automotiva pode causar acidentes! Isso aumentaria o custo do conserto: para além de um item, você teria despesas com pintura, lataria, outras peças e, possivelmente, outros veículos envolvidos na situação.

Um carro com peças falsas é um carro pior

Outro ponto a ser considerado é o valor de revenda do seu automóvel, que pode cair muito devido ao uso de peças falsas. Isso acontece porque, para compensar a qualidade sua qualidade inferior, elas exigirão um desgaste maior das peças originais.

Desse modo, o funcionamento de todo o veículo será prejudicado, o que também aumenta o gasto com combustível, manutenção (novamente!), e seu carro aparentará ser mais antigo do que realmente é devido a todo esse esforço.

Por isso, ao vendê-lo, você arrecadará menos do que o valor do seu carro, caso ele não tivesse sido danificado pelo uso de equipamentos inadequados, o que acaba sendo um prejuízo adicional.

Mais caro que isso, somente o risco à sua vida e de pessoas queridas, que aumenta devido ao risco de acidentes. Então, se você preza por uma direção segura, precisa ter um carro cujas peças estão em boa qualidade constantemente, e não apresentarão defeitos imprevisíveis.

Como descobrir se minhas auto peças são originais?

Na situação citada, o seu mecânico não mencionou, em momento algum, que a peça era falsa, não é mesmo? Mas há um ditado popular que diz “quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Ela se aplica perfeitamente ao caso!

Se um produto é vendido por um valor consideravelmente abaixo da média do mercado, pode ter certeza: há alguma irregularidade com ele, caso contrário a empresa estaria levando um prejuízo tremendo e não teria mais as portas abertas.

Por isso, preços baixos demais são, definitivamente, um alerta vermelho! Lembre-se sempre: vale a pena gastar um pouco mais em um produto de qualidade, porque ele vai exigir menos manutenção e terá maior durabilidade!

Há alguma certificação de qualidade?

Sim! No ramo dos automóveis há um instituto que preza por produtos seguros, chamado Instituto de Qualidade Automotiva (IQA). De acordo com os padrões estabelecidos por ele, é possível identificar peças de má qualidade, como as falsas, às quais o instituto se afirma contrário.

Um procedimento simples que garante a originalidade na hora da compra é pedir que o vendedor te mostre o número de série, impresso na superfície da peça. Verifique também o selo do IQA, estampado na embalagem dos produtos confiáveis.

● E no caso de compras online?

Ao fazer a compra online você não consegue ver os detalhes físicos da peça, mas algumas medidas podem te dar bastante segurança. A primeira delas é procurar lojas que trabalham com responsabilidade, ou seja, não fornecem produtos de baixa qualidade.

Por isso, é válido observar os valores da empresa, sua história e preocupação com o bem-estar dos clientes, para além do lucro. Isso pode ser percebido pelo atendimento, pela política de troca, nível de segurança do pagamento online e muito mais.

Caso você ainda tenha alguma dúvida, procure orientação de profissionais da área. Mas cuidado com aquele seu mecânico, viu? Para essa consulta, é imprescindível que você tenha alguém de confiança. As melhores lojas automotivas terão um time especializado à sua disposição.

Finalmente, exija sua nota fiscal! Ela é essencial para comprovar a garantia do produto, além de indicar todas as especificações, como modelo, série e marca. Assim, você estará seguro de que fez uma compra vantajosa!

Por Luizinho, CEO na loja de auto peças Auto Bitts.