Proteção para carros esportivos

Publiado por - Marcos Chaves 28 August 2015

Você é um apaixonado por carros esportivos? Possui algum modelo esportivo em sua garagem? Neste artigo você irá saber mais sobre o seguro para carros esportivos, e porque esse serviço tende a ser mais caro.

O conceito de carro esportivo pressupõe que esses automóveis são diferentes dos carros comuns. Designs mais arrojados, motores mais potentes, recursos mais “inusitados”, todos esses ingredientes compõem a receita dos esportivos.

Foram justamente esses diferenciais que causaram o frisson pelos carros esportivos, nas décadas de 20 e 30. Os designs diferenciados foram alguns dos principais atributos que causaram a moda dos esportivos – além, claro, da paixão pela alta velocidade.

Porque o seguro de carro esportivo é mais caro

Existem três motivos básicos para que o seguro de um carro esportivo seja mais caro do que um seguro convencional:

  1. O carro esportivo é chamativo e atrai mais atenção de ladrões;
  2. Carros esportivos são velozes, e a possibilidade de se envolverem em colisões e acidentes é maior;
  3. O custo de manutenção ou substituição de peças é consideravelmente maior.

Esses são os principais fatores que tornam o preço de seguro para carro esportivo mais caro do que um seguro convencional.

Além disso, algumas empresas de seguro auto tendem a associar carros esportivos com motoristas mais jovens – e, estatisticamente, imprudentes. Assim, como o risco da seguradora é maior, o preço do seguro de automóvel sobe.

Como diminuir o preço do seguro para carro esportivo

Se você pretende contratar um seguro auto esportivo, existem algumas formas de baratear o preço do serviço, como:

  • Resista às customizações: algumas seguradoras adotam cautelas extras contra carros esportivos altamente customizados, e isso pode encarecer ainda mais o seu seguro auto esportivo;
  • Utilize medidas extras de segurança: alarmes, rastreadores e garagens “fortificadas” aumentam a segurança do seu automóvel e diminuem o preço do seu seguro auto esportivo;
  • Controle a quilometragem: se você dirige pouco o seu esportivo, pode negociar um seguro auto mais barato, comprometendo-se a dirigir um determinado número de quilômetros por ano.

Você possui um carro esportivo? Compartilhe conosco suas medidas para protegê-lo! Você usa seguro esportivo? Rastreadores? Deixe sua história nos comentários! E se você mora em São Paulo e deseja ficar por dentro das corridas e do mundo dos carros esportivos acesse o site Automobilismo Paulista.

Artigos relacionados