O que você precisa saber antes de contratar um seguro auto

Publiado por - Marcos Chaves 15 May 2015

Quando você vai contratar um seguro auto, certamente você vai pesquisar tudo sobre a seguradora e a corretora, correto? Vai procurar saber o histórico da empresa, as reclamações de clientes e afins.

Foto: fidelidadeseguros.com.br

 

Com a seguradora não é diferente. As empresas traçam um perfil individualizado de cada cliente na hora de determinar o preço do seguro auto, com base em características que podem aumentar ou diminuir esse valor.

A seguradora também procura segurados que ofereçam um risco baixo. Para essas empresas, o risco é baixo quando o cliente tem um perfil de condução mais cauteloso, com menores chances de precisar acionar o seguro.

Saiba o que a seguradora avalia em você

Alguns dos principais pontos avaliados pela seguradora na hora de fixar o preço do seguro:

Idade

Pessoas com idade entre 26 e 60 anos tendem a ter um seguro auto mais barato do que os maiores de 60 ou, principalmente, os menores de 26. Estatísticas sugerem que os mais jovens são mais afoitos ao dirigir e mais propensos a colisões, o que aumentam as chances de o seguro precisar ser acionado, fazendo com que o preço do seguro auto seja maior.

Região de residência e tráfego

A região onde o cliente reside e as áreas onde ele mais transita com o automóvel influenciam no preço do seguro auto em razão das estatísticas de furto e roubo nesses locais. Se esses dados são altos, o risco é maior; logo, o preço do seguro também sobe.

Sexo

Outro fator levado em consideração pelas seguradoras é o sexo, já que as estatísticas indicam que as mulheres são motoristas mais cuidadosas do que os homens. Assim, o seguro auto é mais barato para veículos que têm uma mulher como condutora principal.

Estado civil

Pessoas casadas tendem a ter um seguro auto mais barato do que os solteiros, pois as seguradoras enxergam os primeiros como condutores mais responsáveis, já que, na maioria das vezes, eles transportam crianças consigo.

Filhos e idade

Os segurados com filhos também podem receber descontos no seguro auto – dependendo da idade dos filhos. Isso porque, caso o cliente tenha filhos maiores de 18 anos e menores de 26 anos, o preço pode justamente subir, já que as seguradoras vislumbram a possibilidade desses filhos também conduzirem o automóvel, e essa faixa de idade é considerada de risco pelas empresas.

Não omita ou altere dados

É imprescindível destacar que a omissão ou alteração de qualquer dos dados na hora de contratar o seguro auto pode trazer imensos prejuízos ao segurado. Isso porque, na hora de acionar o seguro, a empresa irá realizar uma espécie de perícia, buscando saber quem conduzia o veículo, em qual região, etc., tudo com o fim de saber a dinâmica do fato e se a apólice pode ser acionada.

Se, nesse processo, a seguradora descobre que o cliente omitiu ou alterou informações essenciais, ela pode se recusar a pagar a indenização, ou exigir o pagamento de uma diferença sobre o prêmio do seguro auto.

Artigos relacionados: