5 passos para calcular o seguro do seu carro

Publicado por Jeniffer Elaina da Silva

Segurar o carro é algo quase essencial. Quando você protege seu veículo, tem a certeza de que, caso algo ocorra, não terá que arcar sozinho com o prejuízo. Saber que uma seguradora é responsável pelo auto ainda torna o dia a dia mais despreocupado. Assim, neste texto, apresentaremos 5 passos para calcular o seguro do seu carro. Continue acompanhando!

Na hora de cotar um seguro para seu automóvel, é fundamental ter atenção a alguns pontos. Como indicar exatamente o que você deseja segurar. Dar informações completas e corretas à segura é igualmente importante, pois isso vai influenciar diretamente na sua cotação. Além de, é claro, garantir que seu bem seja devidamente protegido.

É interessante ainda fazer a cotação em diferentes empresas. Assim, você terá a certeza de escolher exatamente o produto mais completo.

5 passos para calcular o seguro do seu carro

5 passos para calcular o seguro do seu carro

1 - Indique o básico sobre o veículo

Para começar a calcular o seguro do seu carro, é necessário informar à seguradora os dados mais básicos sobre o automóvel. Isso inclui a marca do produto, seu modelo e ano de fabricação.

Os dados vão informar à seguradora quantas portas seu carro possui, ou se ele é visado ou não por criminosos. Segundo dados da SUSEP, por exemplo, os carros mais roubados no Brasil em 2017 foram dos modelos Fiat Siena e Volkswagen Voyage. Logo, caso seu auto seja deste tipo, provavelmente sua proteção será pouco mais cara.

2 - Informe sobre recursos de segurança

Outra informação importante ao cálculo do valor do seguro é se o auto possui ou não dispositivos extras de segurança. Como alarmes, bloqueadores ou rastreadores. E também blindagem na lataria. Se os recursos existirem, poderão fazer com o custo do seguro caia consideravelmente.

3 - Indique o uso do veículo

Quanto mais utilizado um veículo é, mais sujeito ele fica a problemas. Logo, a seguradora precisa conhecer a quantidade de quilômetros rodados do automóvel. Assim como seu uso mais comum: na cidade? Em estradas asfaltadas ou de terra?

4 - Informe seus dados pessoais

O passo seguinte consiste em informar seus dados pessoais. Nome completo, idade, CPF e outros. As informações serão avaliadas para determinar seu perfil de segurado, e poderão subir ou baixar o custo da proteção.

A seguradora também quererá saber quem são as pessoas responsáveis pela condução do carro. Geralmente, quanto mais jovem o motorista, mais caro o seguro.

5 - Escolha o tipo de seguro

Em seguida, o consumidor pode indicar o tipo de cobertura desejado. Há os que protegem contra roubo, acidentes, danos por desgaste e diversos outros. Depois, sua cotação será entregue. Caso deseje, então, você poderá entrar em contato com a seguradora e contratar o plano.


Categorizados em:


Deixe uma resposta

Conectado como Rodrigo Conceicao. Fazer logout?