dcsimg

Guia rápido para contratar um seguro auto bom e barato

O seguro auto é um recurso indispensável para quem possui um automóvel. Seja para proteger o veículo de defeitos, panes e problemas mecânicos em geral, seja para proteger o carro de roubos, furtos, etc., é fundamental contratar um bom seguro auto.

Geralmente, porém, um bom seguro auto representa um valor alto a ser pago, o que afugenta muitos motoristas que preferem confiar na sorte a contratar um serviço que proteja o alto investimento feito no carro.

Na hora de contratar um seguro auto, você vai se deparar com alguns termos. Os principais “vocábulos” do “dicionário” dos seguros são:

• Apólice, o documento que a seguradora fornece ao segurado, após a assinatura do contrato, contendo todos os detalhes, coberturas, etc.;
• Prêmio, a prestação paga pelo segurado à seguradora;
• Sinistro, que é o dano causado ao automóvel (como acidente, furto, roubo, etc.);
• Franquia, a parcela que será paga pelo segurado em caso de dano ao veículo;
• Indenização, o valor pago pela seguradora em caso de ocorrência do sinistro;
• Bônus, eventual desconto concedido pela seguradora de acordo com o seu histórico.

Agora, o SeguroDeAutomovel.Org lista os 5 passos na hora de contratar um seguro auto:

1 – Faça a cotação

Ao fazer a cotação, você obtém das seguradoras o prêmio exigido para a contratação do seguro auto. A cotação é realizada com base em um perfil individual, analisando diversos fatores como idade, automóvel, zona de tráfego, tempo de habilitação, etc.

Faça a cotação do seu seguro auto online!
Qual é a marca do seu carro?

Não minta na hora da cotação. As seguradoras usam algumas características para baratear ou encarecer o prêmio (por exemplo, pessoas casadas tendem a ter um seguro mais barato por serem mais cautelosas). Se você alterar alguma informação e a seguradora descobrir, ela pode se negar a pagar a indenização e você vai ficar na mão.

2 – Cuidado com o preço – seja para baixo, seja para cima

É importante ter em mente que o melhor seguro auto nem sempre é o mais barato. Na busca por um serviço barato, o consumidor acaba contratando um serviço com pouca cobertura e, na hora de acionar o seguro, descobre que “o seguro não cobre” e fica na mão. É fundamental não economizar e encontrar um serviço que se adeque às necessidades.

3 – Valor determinado x valor de mercado

Na celebração do contrato, você pode escolher como receber a sua indenização em caso de sinistro: pode ser um valor determinado, livremente convencionado, ou o valor de mercado do modelo, segundo uma tabela oficial – geralmente, a tabela FIPE.

4 – Converse com o corretor

O corretor é o intermediário entre você e a seguradora, e é função dele te informar sobre os detalhes da empresa e as minúcias do contrato. Uma boa conversa antes de fechar negócio elucida todas as dúvidas e evita dores de cabeça posteriores. Confie no seu corretor e tente negociar o valor do prêmio: pode ser uma boa hora para conseguir uma pechincha.

5 – Não assine sem ler

Ler o contrato inteiro antes de assinar é altamente recomendável. Certifique-se de que tudo o que ficou acertado durante as negociações esteja ali presente e levante objeções se encontrar cláusulas incompreensíveis ou fora do combinado.

Artigos relacionados:

  • 1
  •  
  •  
  •  

Comentários:

Comentários de nossos clientes


Nome
Email
Avaliação
Nota
Comentário

Precisando de
um seguro para
o seu carro?

Faça a cotação do seu seguro online
SOLICITAR